quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

a melhor parte de mim


Todo dia 26 de janeiro é aquilo. Eu vou dormir no dia 25 meio tensa pensando em como o tempo é implacável e passa levando a todos nós. Faço algum tipo de balanço mental, me pergunto se era aqui mesmo que eu queria estar na minha vida e os resultados variam consideravelmente de ano para ano. Ao vinte-e-sete anos, querendo ou não, estou em algum lugar da vida e com algumas ressalvas não há o que reclamar.

Eu tenho um receio de que ninguém apareça à comemoração, penso que todos viajam no verão (na época da escola sempre parecia que sim, e só eu estava em São Paulo perto da volta às aulas), que ninguém aguenta mais sentar no chão pra fazer piquenique. Mas então as pessoas aparecem e eu tenho algum tipo de confirmação mental de que a melhor parte de mim vive fora de mim e são esse amigos que se fazem presentes (ainda que não estejam no dia). Se é mesmo implacável o tempo, que sorte que me leve com essas pessoas.






















As fotos da festa ficaram ótimas e foram tiradas pelo Lucas

2012 || 2013 || 2014 || 2015 || 2016

E a música que Vinícius me mandou de presente

2 comentários:

  1. Parabéns! É muito bom estar perto de todos os amigos no nosso dia mais especial, né?
    As fotos ficaram lindas, parece ter sido super diveritido.

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
  2. Nada, n a d a na vida é como ter amigos, é tão bom sentir que alguém se importa, sente nossa falta, nos quer bem

    ResponderExcluir