sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

let there be justice for all

Não sei por quê, essa semana comecei a recorrer minhas lembranças sobre a África do Sul. Faz cinco anos que embarquei para a Cidade do Cabo, onde morei por um mês. Foi em 2008 e eu senti o preconceito na pele, mas não na minha. Na dos outros. Senti o preconceito na geografia, morando num bairro pobre, estudando num bairro rico. Pude entender que o país não é dividido apenas entre brancos e negros, que essa é uma simplificação inventada pelos brancos para categorizar o incategorizável: as diversas etnias sul-africanas (dá pra entender um pouco a diversidade quando a gente se dá conta de que ali são 11 as línguas oficiais).

page two

Tem coisa que a gente só descobre indo pro lugar. Foi nessa viagem que eu descobri que a comunidade judia na África do Sul é bastante significativa e que atualmente cresce o número de praticantes do islamismo no país. Por conta da colonização inglesa, o número de descendentes de ingleses é grande, mas também o número de indianos que foram viver ali. Conheci alguns sul-coreanos que colocaram a África do Sul como paragem para aprender inglês e tentar entrar em universidades dos Estados Unidos. 

me and madiba

Mandela, para mim, deve ser lembrado como o símbolo do começo de algo e não do fim. Já disse Miriam Makeba (cantora sul-africana que foi para o exílio e só voltou após a eleição de Madiba), a luta continua:


6 comentários:

  1. o meu maior sonho
    é um mundo sem fronteiras.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Pra variar, seu texto me emocionou. Muito. Em referência à morte de Madiba, o que me tocou ontem não foi o fato em si. Afinal, 95 anos é para poucos. E ele estava doente. Foi ver vídeos reais de cenas de "Invictus" o que mais me tocou. Imagino como você esteja hoje. Eu estou sensível. Inclusive por causa das fotos e do texto.

    ResponderExcluir
  4. Coisas que a gente só descobre vendo ou vivendo na pele. A luta continua!

    ResponderExcluir
  5. parabéns pelo conteúdo do blog, achei incrível, parabéns!

    ResponderExcluir