sábado, 18 de maio de 2013

café com maco


Um dos poucos planos que fiz antes de vir para a Argentina foi o de procurar o primeiro livro de Maco chamado Aloha. Na cidade onde moro não encontrei em nenhuma das livrarias e acabei pedindo a uma amiga que foi a Buenos Aires para me trazer de sua ida à livraria El Ateneo. Assim, pude acompanhar Maco em sua jornada surrealista de 64 páginas na versão rio-platense. Existe também a versão espanhola do livro, com uma capa diferente e possível de ser comprada aqui. Maco me disse que já não há mais Aloha encontráveis à venda no Uruguai; em Buenos Aires, além d'El Ateneo, outra livraria que tinha bastantes exemplares era a Yenni, pro caso de alguém viajar à capital argentina e ter vontade de levar um de lembrança.

Já não me lembro como cheguei a seu flickr e daí a seu blog, mas faz uns bons anos que os quadrinhos dessa uruguaia me entretêm. Eu adorava suas sessões desenhadas de rádio, as radiodibujadas, e quando soube que havia lançado um livro, pensei que seria uma boa forma de pode ter por perto uma referência que para mim sempre esteve na tela do computador. Há algo muito gostoso também em conhecer o trabalho de alguém pela internet e depois de um tempo ver uma obra assim, tão boa, tão completa.

Uma coisa fácil de notar nos desenhos de Maco é o incrível uso do espaço. É possível em uma página entrar por labirintos, sair deles, acompanhar múltiplos personagens, estruturar, desestruturar e reestruturar toda a narrativa. As múltiplas possibilidades de leitura são uma graça especial deste livro.
Além do mais, estando na terra do mate, é bom saber que compartilhamos um amor sincero ao café. Poucas coisas seriam mais maravilhosas que ter um personagem por perto que de repente materializasse uma xícara com essa bebida quentinha.


Aloha 
Autora: Maco
Gênero: História em quadrinhos
Editora: Grupo Belerofonte/LocoRabia
Lançamento: dezembro/2011
Páginas/dimensões: 64, 21 x 21 cm.

2 comentários:

  1. Q legal...amo ler tb...meupai é colecionador de gibís...entao,sou suspeita em falar dos quadrinhos...rs
    (Ele hj tem 60 e poucos anos...coleciona desde os 9 anosd e idade..peeeensa....rsrs)

    Bom fds!
    Bju!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o traço dela. Vou procurar na próxima viagem...

    ResponderExcluir