quinta-feira, 15 de setembro de 2011

a hora e a vez

tem aquela música sobre acordar feliz, mostrar os dentes, matar o presidente. ontem foi meio assim. acordei feliz até me dar conta de que estava uma hora e meia atrasada com relação ao que fora combinado com o meu cotidiano. quis matar o botão soneca do celular, porque às seis da manhã eu fico sem critérios e posso apertá-lo freneticamente sem medir as consequências de meus atos. engoli café-da-manhã, escovei os dentes, peguei minha mochila e saí pedalando minha bicicleta. chegando ao lugar onde estaciono o tal veículo de duas rodas, me dei conta de que esqueci de pegar a trava para prendê-la. pensei em sentar e chorar, mas sou brasileira e não tenho tempo para me emocionar nessas condições. voltei pra casa, em dúvida entre deixar bicicleta ou simplesmente pegar a trava. considerando que a essa altura meu atraso já tinha saído do patamar do razoável, peguei a trava e voltei pedalando mais uma vez. estacionei e fui pro trabalho. veja bem, raras vezes me atraso, mas as duas vezes em que aconteceu, havia reunião com o meu setor. na hora do almoço, a sensação que me perseguiu ao longo do dia de que haveria prova foi confirmada pela minha colega de trabalho. cheguei na sala e as pessoas pareciam mais desorientadas do que eu; talvez porque eu já tinha me dignado a não me indignar com as faltas de sorte do dia. abri a porta do niilismo dentro da minha cabeça e lá fiquei. voltando para casa, encontrei minha orientadora na rua. era quarta-feira. terceira vez na semana, com três dias transcorridos, que a encontrava em lugares e situações diferentes. pensei em questionar ao universo que tipo de mensagem era aquela. por via das dúvidas, resolvi sentar hoje pra escrever meu projeto de pesquisa.

6 comentários:

  1. Vivo tentando buscar mensagens subliminares (ou escancaradas dependendo do caso)das peças que o destino teima em me pregar. E eu sempre acabo ficando com o "por via das dúvidas", por via das dúvidas.

    ResponderExcluir
  2. deusa fortuna anda fazendo a festa em meios academicos, pelo q vejo.

    não se desespere, daqui a pouco ela arranja outra coisa pra fazer. :)

    ResponderExcluir
  3. cara, você vai trabalhar de bicicleta. que sonho!

    ResponderExcluir
  4. Acho que o seu subconsciente te faz dormir até mais tarde em dia de reunião, só pode ser! Rs... Que coincidência!

    Beijo!
    Camila Faria

    ResponderExcluir
  5. hahaha acho que foi uma boa idéia mesmo começar a escrever o projeto.. :)

    ResponderExcluir
  6. a vida é surrealista
    em maior ou menor grau
    mas sempre surrealista
    :o)

    ResponderExcluir