sexta-feira, 23 de julho de 2010

Guia de Ouro Preto, de M. Bandeira

Ouro Preto
Ouro Preto é a cidade que não mudou e nisso reside seu incomparável encanto.

dourado


Mariana
À antiga Vila do Carmo se pode ir de trem ou de automóvel. Indo de trem, entra-se na cidade atravessando o ribeirão do Carmo.

vem surgindo de trás das montanhas


Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

Em sua História Antiga das Minas Gerais, narra Diogo de Vasconcelos a tradição de Chico Rei, recolhida pela primeira vez por Afonso Arinos (Atalaia Bandeirante), à qual está ligada a ereção desta igreja. Francisco, rei africano, foi aprisionado e vendido para escravo com toda a sua tribo. (...) Homem inteligente e enérgico, Chico Rei trabalhou e forrou o filho; em seguida, os dois trabalharam para forrar um patrício; e assim sucessivamente se forrou toda a tribo, que passou a forra outros vizinhos da mesma nação. Formaram entre si como que Estado: Francisco era rei; sua nova mulher, a rainha; seu filho, o príncipe; a nora, a princesa. A coletividade possuía a mina riquíssima da Encardideira. Tomaram como padroeira a Santa Ifigênia, a cuja milagrosa imagem prestavam culto no Alto da Cruz, na capela levantada sob a invocação de Nossa Senhora do Rosário.

d'ouro


Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias (Matriz)
Diogo de Vasconcelos sugere a autoria de Pedro Gomes Chves, autor do projeto de Nossa Senhora do Pilar, pelas analogias que nota entre as duas igrejas, mas o Vereador Joaquim José da Silva, em 1790, afirmava que o risco foi do próprio construtor, Manuel Francisco Lisboa.
(...)
Nesta igreja sepultaram-se o Aleijadinho e Marília, mas os despojos desta estão hoje no Museu da Inconfidência.


art deco


São Francisco de Assis
A Ordem Terceira de S. Francisco de Assis, a primeira Ordem Terceira criada em Ouro Preto (remonta a 1745), adquiriu os terrenos onde se levantou o templo, em 1765, e já no ano seguinte contratava a construção com o mestre Domingos Moreira de Oliveira. O projeto é de Antônio Francisco Lisboa; em 24 de agosto de 1794 lavrou-se o termo de entrega e aceitação das obras, sendo louvados por parte da Ordem Antônio Francisco Lisboa e José Pereira Arouca.


dimensions



Antigo Paço Municipal (atual Museu da Inconfidência)

A inauguração aconteceu em 11 de agosto de 1944, data do segundo centenário do nascimento de Tomás Antônio Gonzaga, sendo então lembrado que o edifício, antiga cadeia construída com o suor e o sangue de negros fugidos e de sentenciados, inspira ao profeta inconfidente algumas das apóstrofes mais belas e mais enérgicas contra o despotismo colonial.





As duas grandes sombras de Ouro Preto, aquelas em que pensamos invencivelmente a cada volta de rua são o Tiradentes e o Aleijadinho.



[Todo texto desse post foi escrito por Manuel Bandeira em seu "Guia de Ouro Preto", Edições de Ouro. Não concordo com tudo o que ele diz, sobretudo com relação à Inconfidência Mineira. Mas o texto é belíssimo e funcionou muito bem para nos situar por ali]

13 comentários:

  1. Porque eu já tinha vontade de conhecer Ouro Preto, mas daí eu vejo essas imagens e penso: vou colocar a mochila nas costas e ir agorinha mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Suas fotos são tão bonitas, que penso que até mogi deve ficar apresentável através das suas lentes!
    HAHAHA
    beijos sweetie!

    ResponderExcluir
  3. LINDAS as fotos. Tive que escrever assim, em maiúsculas.

    ResponderExcluir
  4. que fotos mais linda, hein? passei uma boa parte da minha infância e adolescência indo a Ouro Preto nos fds, mas nunca vi a cidade pelos seus olhos. parabéns!

    ResponderExcluir
  5. errata:

    fotos mais lindas*

    Eita mania de comer plural!

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pelo seu comentário.
    Adorei as suas imagens. Lindas...

    ResponderExcluir
  7. @babi! que coisa, né? a foto casou com o filme direitinho! :)) o filme é uma graça... mas não entendi ter passado no anima mundi?! há 5 anos, eu só assisto animações por lá! ehehe beijooo!

    ResponderExcluir
  8. Delícia de fotos! E orgulhinho de ser mineira :)

    ResponderExcluir
  9. Estudei a arquitetura de quase todas essas cidades e morro de vontade de conhecer MG, tenho certeza que é uma cidade linda!
    Adorei o post e as fotos estão belas!
    Bjs :D

    ResponderExcluir
  10. amei! já quero ir lá, mas antes quero uma camera reflex porque sinceramente, eu babei muito no lugar e deve ser ótimo pra fotografar. por sinal, essas ficaram ótimas!

    beijos

    ResponderExcluir
  11. Foi o maior e melhor presente que me aconteceu neste início de ano. Ter conhecido Minas Gerais(Ouro Preto e Mariana), sua história(rica e detalhadamente narrada pelos inúmeros guias)e poder até agora carregar as imagens que meus olhos e meu coração puderam colheram por cinco dias mágicos em que lá estive. Pensei estar um um País Mágico de tão En-cantada que fiquei. Suas fotos estão lindas. E meus olhos descansaram desleixadamente sobre elas. O meu coração?Tá fazendo uma festa de tanta saudade que sinto do que vi, toquei, aprendi e vivi por-lá.

    E em breve voltarei. É fato.

    beijos.

    ResponderExcluir